Home » Directamente do Brasil » “Cidade de Deus” de Fernando Meirelles

“Cidade de Deus” de Fernando Meirelles


Já diz o povo “Quem espera sempre alcança”.
Neste caso a espera valeu bem a pena!

Dirigido de forma magistral por Fernando Meirelles, Cidade de Deus é provavelmente o filme que mais notoriedade deu ao cinema brasileiro nos últimos anos sendo indicado a quatro Oscars. Cidade mostra a saga do tráfico de droga e do reinado da violência, num bairro situado na zona oeste do Rio de Janeiro, a partir de finais dos anos 60 até ao início dos anos 80, em três segmentos isolados narrativa e esteticamente.

Produzido a partir do livro homônimo de Paulo Lins, o filme narra uma série de casos verídicos que fazem parte da história de Cidade de Deus, local que passa a ser palco de batalhas violentas entre diferentes gangues que disputam à supremacia no tráfico. Há muito a ser comentado sobre esta obra que impressiona por seu aspecto técnico, mas também pelo ponto de vista social, trata-se antes de mais, de um filme de utilidade pública em um país onde a violência aparenta ser infinita.

O roteiro se concentra especialmente na rivalidade entre o perigoso Zé Pequeno (Leandro Firmino) e o trágico Mané Galinha (Seu Jorge), que entra na guerra para vingar a morte do irmão. Ao mesmo tempo, apresenta o jovem Buscapé (Alexandre Rodrigues), cujo grande objectivo é tornar-se um fotógrafo profissional e fugir daquela triste vida. O filme conta com uma edição enérgica e impactante: as passagens de tempo, em particular, impressionam por sua agilidade (incrível, por exemplo, a forma como Meirelles mostra o envelhecimento de Pequeno e sua crescente crueldade ao exibir uma seqüência de tiros).

A opção pela estrutura narrativa da história é interessantíssima, mostrando incidentes a partir de vários pontos de vista, apresentando personagens importantes de maneira casual e utilizando freeze-frames e telas divididas em vários momentos.

Quem estiver interessado em conferir o cinema brasileiro pode muito bem iniciar a sua incursão por Cidade uma obra que apresenta o novo ciclo do cinema no Brasil, moderno e vigoroso! Meu único lamento, no entanto, é que como brasileiro, fico aturdido com a crueldade e barbárie generalizada, torcendo para que esta sombria realidade das cidades de Deus um dia mude, se Deus Quiser…

by Christian Falkembach

Site Oficial
Trailer

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: