Passatempos Online

Home » Estreias » “No Mundo das Mulheres/In the Land of Women” de Jon Kasdan

“No Mundo das Mulheres/In the Land of Women” de Jon Kasdan


Ainda não é hoje que vou revelar o tal filme “mistério” de que vos falei, porém os mais atentos já podem perceber de que filme se trata. Para ou outros posso garantir que a espera não será longa!

A dificuldade em descrever este filme começa logo pela dificuldade em enquadra-lo num género cinematográfico. Comédia? Alguma mas o filme não vive dela. Romance? A emoção está lá mas também poderia não estar. Drama? Um bocadinho ali, outro acolá, mas sem grande “dramatismo”. Episódio da vida real? Os EUA fica quase do outro lado do Mundo para nos podermos identificar com as personagens.

Já no regresso a casa, vinha a pensar e acho que descobri: “No fundo o filme parece um episódio da série O.C. – Na Terra dos Ricos, para o Bem e para o Mal!”.

Começando pelas coisas positivas. Olympia Dukakis, Meg Ryan e Kristen Stewart. É com este trio de actrizes de gerações completamente distintas que o protagonista, Adam Brody (da série O.C.), interage ao longo do filme. Essencialmente o filme vive, da forma como Carter Webb (Brody) influencia e é influenciado pelo contacto com estas três “senhoras”, depois de se ter refugiado no Michigan após um desgosto amoroso.

Dukakis representa a avó de Carter, uma senhora de idade que mora sozinha no Michigan e que apresenta “alguns” distúrbios mentais, marcando o filme quer nos momentos mais hilariantes quer nos momentos mais dramáticos. A Ryan foi atribuído o papel de uma “dona de casa” em plena crise sentimental e familiar que vê em Carter um ombro amigo com quem desabafar. Por fim, Stewart, a filha rebelde e adolescente de Sarah Hardwicke (Ryan) que procura o primeiro amor.

No final fica a sensação que havia muito mais para contar e que assistimos apenas a um episódio isolado de uma longa história. Não vos tinha dito que parecia uma série da TV!

Site Oficial
Trailer

Este poster será mais familiar (tirando as letrinhas, é claro!)

Comments

  1. Cá está.. fui ver este filme ontem.
    Não que tenha ficado desiludido, mas no fim parece isso mesmo que escreveste.. um episódio de uma série. Apesar do episódio ser bom, acaba-se com a sensação vazia de que falta muito para a história ter ficado contada, mas mesmo MUITO.

    O episódio é bom, o filme nem tanto. Vale pelo leque de diferentes emoções que nos desperta, vale menos por aquilo que é como filme.

Leave a Reply

%d bloggers like this: