Passatempos

Home » Estreias » “Hancock” de Peter Berg

“Hancock” de Peter Berg


Hollywood está repleto de estrelas! Will Smith é actualmente a que brilha com maior intensidade, sobretudo quando falamos daquele brilho em forma de cifrão!

O outrora Principe de Bel Air é por estes dias (anos) o herói favorito dos norte-americanos. Seja a combater ET’s, criminosos, zombies, robots ou, até mesmo, George Foreman, Will Smith fá-lo com a mesma qualidade e credibilidade. Desta vez transformaram-no num super-herói e o resultado é o mesmo de sempre, Knock-Out!

John Hancock é de facto um papel à medida de Smith. Vagabundo e alcoólico, adorado por uns e enxovalhado pela maioria, os seus métodos são de todo reprováveis mas a verdade é que acaba sempre por salvar o dia … ou quase!
E essa imagem encaixa perfeitamente no actor. Depois da série de TV Will ganhou fama em filmes de acção e aventura, perfeito entretenimento do Verão norte-americano, claro que regista também 2 nomeações aos Oscars, e esse misto entre diversão e seriedade tem-lhe valido rasgados elogios e uma carreira de enorme sucesso.

Apesar do seu twist improvável, Hancock nunca será para levar a sério. Em forma de puro divertimento o filme funciona muito bem, o problema está lá mais para o fim com a tentativa de tornar a história mais séria, e aí o filme deixa muito a desejar.

Peter Berg, surpreendeu pela consistência em The Kingdom, agora quis dar um passo em frente mas por ventura foi maior do que as pernas. Não é fácil dar esse salto e dificilmente o filme alcançará o consenso desejado.

Para mim temos 1h00 da melhor aventura deste Verão e 30m de coragem em ser diferente…
Talvez tenha faltado audácia em prolongar um pouco mais o filme e ir mais além. Ou, talvez, o negócio se tenha sobreposto à qualidade e nada como “despachar” a história rapidamente para fazer entrar novos espectadores!

Não devo terminar sem destacar a presença de Charlize Theron e Jason Bateman, no papel do feliz casal que ajuda Hancock a tornar-se mais “humano”. Ela não me convenceu totalmente como dona de casa desconfiada mas o desempenho dele, no papel do Relações Públicas que ajuda a mudar a imagem do super-herói, agradou-me bastante mais . Mais à vontade, mais conciso, mais alegre, Bateman contribui positivamente para o sucesso do filme.

Resumindo:
É bom … mas não chega a ser bestial!

Site Oficial
Teaser
Trailer 1
Trailer 2

About

Já vão 16 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Leave a Reply

%d bloggers like this: