Home » Antevisões » “Up in the Air” de Jason Reitman

“Up in the Air” de Jason Reitman


O tempo escasseia e são muitos os filmes interessantíssimos que chegarão nas próximas semanas às nossas salas de cinema. Provavelmente não haverá tempo nem disponibilidade para fazer a Antevisão de todos…
Mas seria profundamente injusto deixar escapar a possibilidade de falar-vos de Up in the Air!

Não só por ser o mais nomeado aos Golden Globes deste ano, não só por ser protagonizado pelo galã George Clooney, não só por ser realizador por Jason Reitman (o jovem realizador que nos apresentou Juno), não só por contar com Vera Farming e Anna Kendrick, (ambas nomeadas para variadíssimos prémios!), não só por ser um dos principais candidatos ao(s) Prémio(s) de Melhor Filmes do Ano, mas também, e sobretudo, por efectivamente podermos estar perante um filme memorável!

E se Avatar era todo ele um entretenimento sensorial, ainda que com um argumento… esforçado, Up in the Air promete apoiar-se plenamente na qualidade da sua história (e em desempenhos acima da média) para nos contar a “interminável” viagem de Ryan Bingham.

Clooney é precisamente Ryan Bingham, um divorciado viciado em viagens de avião que tem por actividade profissional deslocar-se às sedes de empresas em reestruturação para anunciar os respectivos despedimentos!
Entre encontros ocasionais (Farming) e a sua discípula (Kendrick) Ryan passa mais de metade da sua vida em aviões e aeroportos, deixando-lhe pouco tempo para qualquer outro tipo de relacionamento (mesmo que ele o quisesse!).
Com isto, o seu único objectivo de vida passa mesmo por completar as 10.000.000 de milhas aéreas do seu cartão de fidelização!

Tal como percebido nas suas obras anteriores Jason Reitman é um verdadeiro ás na mescla de humor e dramatismo!
Apesar da sua tenra idade (35 anos), o realizador canadiano demonstra uma sensibilidade e um engenho invulgar para nos transmitir emoções tão pessoais. Ora isto, aliado ao estilo e ao carisma muito próprios de Clooney (também ele, um precursor dessa imagem preocupada-descontraída), faz aumentar exponencialmente as expectativas relativamente ao resultado final.

Há tempos atrevi-me a preconizar que este início de ano pertenceria na totalidade ao solteirão mais conhecido de Hollywood. É que para além deste filme teremos ainda o pitoresco The Men Who Stare at Goats e, em simultâneo, a grande revelação deste ano em termos de animação, Fantastic Mr. Fox.

Tudo junto arrisco-me a afirmar que ou muito me engano ou estará no spotlight durante bem mais tempo… quem sabe se até à consagração na cerimónia dos Prémios da Academiaquem sabe?

Site Oficial
Teaser
Trailer
Trailer 2

George Clooney versão Nespresso!

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: