Passatempos

Home » Estreias » “Cavalo de Guerra (War Horse)” de Steven Spielberg

“Cavalo de Guerra (War Horse)” de Steven Spielberg


Facto: Steven Spielberg é o cineasta-vivo com mais obras nomeadas ao Oscar de Melhor Filme (e neste mítica lista não constam filmes como Empire of the Sun, Jurassic Park ou mesmo, Tintin!).

Argumento: Steven Spielberg é o maior cineasta vivo, não só pelos filmes dramáticos que nos oferece mas, também, pela forma hábil como se movimenta (e ajudou a construir) na indústria do cinema, i.e. os blockbusters!

Esclarecida esta “situação” falemos, então, de War Horse.
Restam poucas dúvidas que estamos perante um dos melhores filmes do ano. Pese embora Spielberg já nos tenha presenteado com obras bem superiores e não se tratando, especialmente, de uma obra reveladora, War Horse é um filme competentíssimo, emocionante e visualmente atraente.

Baseado num romance e numa peça de teatro do West End, War Horse explora os horrores e os desencontros da I Guerra Mundial, numa era em que a própria guerra foi alvo das maiores revoluções dos nossos tempos.

Poucas vezes retratada na 7ª arte (talvez pela ausência dos americanos, talvez pela sua brutalidade e mortandade), a I Guerra foi um período negro da História europeia! Se os Homens era tratados de forma desumana, combatendo invariavelmente em condições inimagináveis nos nossos dias, o que dizer dos animais envolvidos. Neste capítulo terão sido os cavalos os maiores mártires desta lástima, até mesmo do ponto de vista simbólico.
Se antes de 1914 os cavalos acompanhavam os “guerreiros” mais virtuosos, durante essa guerra passaram a funcionar bem mais como animais de carga.

É assim, sob o olhar de uma cavalo inglês, de seu nome Joey, que acompanhamos alguns episódios sintomáticos de uma Guerra difícil, imoral e demasiado .
Antes de ir para a Guerra, Joey foi criado e amado por um jovem camponês (Jeremy Irvine) bastante humilde mas que acredita plenamente no seu fiel amigo. Juntos criaram uma relação especial que a Guerra colocará à prova.
Enquanto Albert fazia-se homem em casa, antes de se poder alistar, Joey vagueava em pleno campo de batalha, servindo ambos os lados da barricada e convivendo com as mais distintas personagens (desta guerra).

Se o enredo é suficientemente sólido para nos manter interessados no seu desenlace, já o som e a imagem, pelas mãos de John Williams (Banda-sonora) e Janusz Kaminski (Fotografia) – ambos históricos colaboradores de Spielberg – são de uma qualidade irrepreensível!
Somos facilmente levados pelo brilhantismo do trabalho destes 3 senhores da 7ª arte. Sente-se uma vibrante e contagiante harmonia que é utilizada em prol do resultado final!

Não trará nada de novo mas War Horse não deixa de ser um filme memorável.

Site Oficial
Trailer
Trailer 2

About

Já vão 16 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Leave a Reply

%d bloggers like this: