Passatempos

Home » Estreias » “Temos de Falar sobre o Kevin (We Need to Talk About Kevin)” de Lynne Ramsay

“Temos de Falar sobre o Kevin (We Need to Talk About Kevin)” de Lynne Ramsay


Um dos grandes filmes independentes de 2011 chega finalmente aos cinemas nacionais!

Confesso que passei grande parte do filme desconfiando quanto à sua qualidade mas quando tudo se conjuga percebemos que estamos perante uma obra bem acima da média!

Sem nunca expor os espectadores em demasia, deixando grande parte da “violência” ao imaginário de cada um, a realizadora Lynne Ramsay expõem, sim, os protagonistas deste drama familiar e de uma forma desconcertante.

Tilda Swinton justifica todos os prémios e nomeações arrecadados (e mais alguns!) num registo milimétrico e comovente. Mas se a actriz de Michael Clayton (pelo qual ganhou o seu Oscar de Melhor Actriz Secundária) é tremenda no papel de mãe, o mesmo pode-se dizer dos 2 jovens que assumem o doentio retrato do filho incompatível, o adolescente Ezra Miller e o infantil Jasper Newell.
Dois minutos é o suficiente para ficarmos a odiar cada um deles! Será possível exigir mais?

Ao mesmo tempo que vamos conhecendo um pouco da história de vida de Eva (Swinton), com especial relevo para a desconcertante relação que estabelece, desde cedo, com o seu filho mais velho (Miller e Newell), tentamos compreender o seu quotidiano actual, por muito bizarro que este nos possa parecer!
O que pode justificar tamanha mudança?

We Need to Talk About Kevin causa um certo desconforto (para dizer o mínimo!) a quem o vê. A relação mãe-filho obriga-nos a uma viagem introspectiva – mesmo para quem não tem filhos – que na maior parte do tempo é tudo menos agradável!
E quando a filha mais nova e o marido/pai (John C. Reilly) se juntam no retrato familiar somos “obrigados” a repensar algumas (ou muitas) das nossas atitudes. Nunca a relação causa-efeito foi tão periclitante!

Há cinema cuja função é entretenimento. Outros servem para encantar. Mas há, também, aqueles que nos fazem pensar e (re)avaliar até o mais pequeno detalhe do nosso comportamento!
É ficção mas estou convicto que a realidade não lhe será assim tão distante. Na larga maioria dos lares as relações estão bem distantes do que vimos mas algures haverá casas igualmente perturbantes… bem mais do que as que queremos admitir!

Cinema independente no seu melhor!

Site Oficial
Trailer
Trailer 2
Trailer 3

About

Já vão 16 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Leave a Reply

%d bloggers like this: