Passatempos

Home » Estreias » “Agentes Secundários (21 Jump Street)” de Phil Lord e Chris Miller

“Agentes Secundários (21 Jump Street)” de Phil Lord e Chris Miller


E temos, de novo, Channing Tatum.
Aparentemente, para além de stripper o rapaz também tem jeito para fazer de… polícia!

Recuperando a mítica série dos anos 80 que ajudou a tornar Johnny Depp num ídolo da (minha) juventude, Tatum alia-se agora a Jonah Hill para formar uma dupla que promete!
O contraste (em termos físicos) não podia ser maior mas as semelhanças também não. Talentosos, bem humorados e com muito groove estes dois rapagões têm tudo para liderar o cinema norte-americano nos próximos anos.

Se Tatum tem enchido as telas ultimamente, Jonah tem estado por todo o lado. Para além da sua 1ª nomeações aos Oscars (com Moneyball), o jovem actor acumula um sem número de comédias (de qualidade) nos últimos anos, para além de ser, também, um dos responsáveis pelo argumento deste 21 Jump Street. E este ano ainda o veremos em Django Unchained (o próximo de Tarantino) e The Watch (uma comédia com Ben Stiller).

Em 21 Jump Street os dois formam um improvável dupla de jovens polícias que é relegada para uma reactivada unidade de combate ao crime juvenil após alguns equívocos.
Infiltrados num liceu onde uma nova droga começa a ser demasiado popular, Jenko (Tatum) e Schmidt (Hill) não terão uma missão fácil para se adaptarem, especialmente tendo presente as suas (bem distintas) experiências na altura do liceu.
Mas a sua amizade é à prova de… tudo, certo?

A primeira meia-hora é, de facto, alucinante. A apresentação das personagens e o enquadramento do enredo apresenta uma qualidade invejável, deixando-nos automaticamente atraídos pelo “novo” conceito. Pena é que a partir daí o filme perca alguma qualidade, despontando apenas aqui e ali, pelos seus hilariantes momentos de comédia.

Como comédia o filme cumpre plenamente porém, a série de TV representava um pouco mais do que isso. Apesar da loucura havia uma preocupação mais séria em apresentar, a cada episódio, uma história convincente e que retratasse os riscos e a realidade dos liceus norte-americanos.
Já esta versão mantém-se (pelo menos neste 1º ensaio) um pouco à margem dessa lado mais socio-cultural que a série transmitia. Talvez, a mais de certa sequela, tenha outras preocupações!!

Dito isto, será fácil concluir que em termos de comédia é do melhor que vimos nos cinemas nacionais nos últimos meses.
É verdade que tem as suas maluqueiras (qual a comédia norte-americana que não as tem?) mas permanece bem acima da linha d’água! Channing e Jonah podem estar descansados, se nada mais funcionar podem ser voltar ao nº 21 da Rua Salto para recuperar fôlego… pelo menos enquanto as suas feições se mantiverem à prova do mais duro dos liceus!

Vale bem a pena o preço do bilhete!
E aquele cameo é mesmo brilhante!

Site Oficial
Trailer
Trailer 2

21 Jump Street (1988) – Johnny Depp e… Brad Pitt???

About

Já vão 16 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Leave a Reply

%d bloggers like this: