Passatempos

Home » Estreias » “A Advogada (Conviction)” de Tony Goldwyn

“A Advogada (Conviction)” de Tony Goldwyn


Efectivamente histórias que merecem ser contadas.

Kenny (Sam Rockwell) e Bettty Anne (Hilary Swank) Waters cresceram num lar abandonado, por entre muitas dificuldades e contando apenas com o apoio um do outro para sobreviver.
Desde tenra idade os inseparáveis irmãos amealharam travessuras e cumplicidades que “apenas” serviram para solidificar uma relação que ia muito para além do sangue.
Mas quando, já adulto e pai de uma criança, Kenny é condenado a prisão perpétua, Betty Anne não olhará a meios para retribuir/corresponder a toda essa dedicação.
Durante quase 20 anos, ela tudo fará para provar a inocência do seu irmão… mesmo que isso justifique deixar a sua vida praticamente de parte durante essas duas décadas.
É esta a História (verídica) contada no filme.

Será facilmente perceptível que estamos perante um drama (familiar) bastante intenso que não deixará de tocar todo e qualquer espectador. Nesse sentido, se os desempenhos de Swank e Rockwell foram largamente referenciados, será conveniente destacar, igualmente, o trabalho de Tony Goldwyn. Não que o filme seja especialmente virtuoso em termos de realização ou em qualquer outro componente estético.
O mérito vai para a forma fluída como compõe a narrativa, optando por constantes saltos cronológicos na etapa inicial – de forma a construir pouco a pouco a relação entre os irmãos enquanto nos dá, desde logo, uma primeira imagem do que se seguiu. Esse vai e volta permite uma identificação emocional imediata com as personagens, revelando-se uma opção deveras acertada.

Obviamente que tratando-se de uma história verídica, recheada de momentos de superação e alguns reveses, o filme resvala a momentos uma tendência exagerada para apelar ao lado mais sentimental de todos nós, descurando de alguma forma a construção das outras personagens que gravitam em redor dos dois protagonistas.
Eles são as “estrelas” desta história, todavia fica a ideia que existiam outros intervenientes que mereceriam maior relevo, em prol de um filme mais abrangente e de outra dimensão.

Ainda assim, percebe-se claramente, o desígnio do filme. Retratar uma história invulgar de amor que vai muito para além da normal relação entre irmãos. Quem sabe uma enorme lição de vida para muitos de nós, muitas vezes demasiado exigentes e distantes dos nossos mais próximos.

Como se diz na RFM “Já agora, vale a pena pensar nisso”!
E está tudo dito!

Site Oficial
Trailer

About

Já vão 16 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Leave a Reply

%d bloggers like this: