Passatempos

Home » Estreias » “Gru – O Maldisposto 2 (Despicable Me 2)” de Pierre Coffin e Chris Renaud

“Gru – O Maldisposto 2 (Despicable Me 2)” de Pierre Coffin e Chris Renaud

Já lá vai tempo que vi o filme (no cinema)…
O comentário, esse, foi sendo adiado devido à falta do comprovativo e, depois, devido à falta de relevância temporal. Até hoje!

Despicable Me 2 (que tem o título português mais distinto do cinema de animação, desde que tenho memória) prossegue com as desventuras do vilão mais famoso do mundo… agora que ele passou para o lado dos bons. A inevitável mudança no percurso de Gru permite explorar novos mundos e diferentes emoções mas acaba por retirar-lhe o ar mais inesperado e surpreendente.

Agora o orgulhoso pai de 3 meninas, Gru é recrutado por uma Associação Internacional Anti-Vilões para investigar um novo e enigmático super-vilão que ameaça fazer estragos graças a uma poderosa fórmula. Mas a intriga é apenas metade da história.
Gru tem, ao fim de tantos anos, uma parceira, Lucy, e demora a perceber como compatibilizar-se com ela. Não bastasse, Margo – a sua filha mais velha – está a entrar na adolescência e para um “pai-galinha” isso é sinónimo de enormes dores de cabeça!

Fruto do imenso sucesso do primeiro filme mas, também, da menor relevância de Gru, os minions revelam-se os grandes atrativos deste 2º capítulo. Os intratáveis seres amarelos, fiéis escudeiros do protagonistas deste franchise, continuam as suas inacreditáveis desventuras, agora apimentadas por um “primo” lilás!

Perdido o fator surpresa, o grande apelo deste segundo capítulo está totalmente no lado mais descontraído e divertido desta malta. A cada instante, a cada segundo, surge um momento inesperadamente hilariante e nada mais nos resta do que soltar uma sonora gargalhada.

Estou certo que há um vasto potencial por explorar – fala-se,inclusive, de um spin off já em 2015 – mas não pude deixar de sentir uma certa desilusão com o filme. As sequelas, ainda mais no cinema de animação, continuam demasiado erráticas para se justificarem (artisticamente). Não digo que não foi um bom bocado… mas não superou as expetativas criadas pelo primeiro filme.

Talvez com as vozes de Steve Carell, Kristen Wiig, Russell Brand, o resultado seja/fosse outro… talvez.

Site Oficial
Teaser
Trailer
Trailer 2

O que nos espera em 2015!!

About

Já vão 16 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Leave a Reply

%d bloggers like this: