Home » Estreias » “Homefront: A Última Defesa” de Gary Fleder

“Homefront: A Última Defesa” de Gary Fleder


Jason Statham é como aquele típico filme de Natal que passa todos os anos na TV ou cada uma das 6(0) sequelas de Police Academy, toda a gente já sabe o que vai acontecer mas durante 1h30 é uma alegria ver o filme.
A única diferença é que ao contrário do Natal e da Academia, Statham, por estes dias, aparece-nos na grande tela 2 a 3 vezes por ano!

Só este ano já tivemos Parker (ao lado de JLo), Hummingbird (de Steven Knight) e agora Homefront, no qual partilha o “tempo de antena” com James Franco e Winona Ryder. Grosso modo a história é sempre a mais. Jason é um rapaz bruto que não gosta de bater nas pessoas mas há sempre alguém que se atravessa no seu caminho e o resultado é… MUITA PORRADINHA da boa!

Não sou adepto da violência (na vida real) mas quando se vê no cinema o moço de Londres a desancar nos bandidos não há como não reconhecer o guilty pleasure. Pode andar por aí muita malta nova (e alguns velhotes) a “distribuir fruta” mas, nos últimos 5/6 anos não há ninguém que consiga competir com Statham!

Parceiros em The Expendables, Sylvester Stallone e o inglês encontraram outra forma de colaborar. Realizador por Gary Fleder, Homefront tem por suporte um argumento escrito por Stallone nos míticos anos 80. Colocado na prateleira devido a contingências do mundo dos negócios, a história é agora recuperada com Statham a assumir o papel de protagonista desenhado para Stallone.

Phil Broker (Statham) é um reformado agente dos Narcóticos que se muda para uma pacata cidade nas mediações de New Orleans com a sua filha, de forma a tentar reconstruir a sua vida longe de confusões. No entanto, um pequeno desaguisado familiar irá colocar Phil frente a frente com Gator (Franco), um pequeno mas desequilibrado produtor de drogas, conhecido por ser o “maior do bairro dele”! Até que o passado volta para atormentar um pacífico Broker

A partir daqui não será necessário acrescentar muito mais. Os meninos colocam-se na frente de Jason e ele não se fica atrás! A história pouco ou nada acrescenta ao que o ator inglês tem feito um pouco por todo o lado. Mas a verdade é que o rapaz tem um dom para especial para fazer de mauzão.

Como sempre, os apreciadores (do género) irão gostar, os indiferentes continuaram a sê-lo.
Mas goste-se ou não, um dado parece ser consensual, se queres aliviar o stress e ver um bom filme de porrada, é só escolher o mais recente de Jason Stathamand he delivers!

Quanto ao James Franco, o homem deve ter muitas contas para pagar é que já perdi a conta ao número de vezes que o vi no cinema este ano…

Site Oficial
Trailer

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: