Passatempos Online

Home » Estreias » “Grudge Match – Ajuste de Contas” de Peter Segal

“Grudge Match – Ajuste de Contas” de Peter Segal


Stallone e De Niro num filme de boxe… se fosse há 30 anos estaríamos perante um imenso blockbuster!

4 anos separam Rocky de Raging Bull. Nos finais dos anos 70 estes dois pugilistas encheram a tela, provaram que o boxe podia ser um desporto apaixonante na 7ª arte e ajudaram a cimentar a carreira de dois brilhantes atores. Sylvester tornou-se num dos mais amados heróis de ação enquanto Robert revelou-se um dos mais talentosos atores da sua geração.

2013 vê estes dois pesos pesados partilharem o ringue… mas na verdade quem vemos é Rocky e Raging Bull. Peter Segal que é um homem talentoso, sabe-o bem e por isso dá-nos de bandeja estes 2 heróis do imaginário de todo e qualquer cinéfilo. 30 anos mais velhos, mais gordos, mais lentos, mais casmurros e com mais sentido de humor… ou nem por isso!

Segal é o responsável pelos melhores filmes de Adam Sandler (não que isso seja um grande cartão de visita… mas ajuda!) e pelo inspirado Get Smart. Hábil realizador e mais do que habituado ao humor inteligente, ele tem o dom de puxar pelas memórias dos espetadores, recheando o filme de pequenas memórias dos tempos idos.

Henry “Razor” Sharp (Stallone) e Billy “The Kid” McDonnen (De Niro) são dois arqui-inimigos, antigos rivais dos ringues, que partilham bem mais do que um par de combates bem disputados. 30 anos atrás, na plenitude das suas capacidades, ambos colocaram um fim nas respetivas carreiras… sem direito a tira-teimas, depois de uma vitória para cada um, dentro do ringue. Será que ainda irão a tempo de escrever um novo capítulo nesta saudável rivalidade?

Pontuado por momentos de bom humor e entretenimento, o filme é o prazer para os novos e, sobretudo, para os antigos fãs de ambos os atores. Plenamente cientes das suas limitações mas também dos seus trunfos, os dois veteranos atores esgrimam piropos, ganchos de esquerda e alguns ressentimentos do passado.

Rimo-nos, torcemos por um e por outro e percebemos, aos poucos, que em toda a rivalidade há uma imensa dose de respeito, desconfiança e amizade… mesmo que isso possa parecer improvável ao início!

Stallone e De Niro gozam imenso com as suas personagens, com o seu passado e um com o outro… e nós agradecemos. Segal pode não ser brilhante mas sabe bem o que tem a fazer!

Deu para matar saudades.

Site Oficial
Trailer

Leave a Reply

%d bloggers like this: