Home » Estreias » “Draft Day – Dia D” de Ivan Reitman

“Draft Day – Dia D” de Ivan Reitman


Podemos tentar “dourar a pílula” de todas as maneira mas, no final, seremos obrigados a reconhecer que Draft Day dirá muito mais aos fãs e conhecedores do desporto norte americano em geral – e da NFL em particular.

Há toda uma dinâmica, uma antecipação, um imenso crescendo de tensão que apenas será absorvido na sua plenitude por aqueles familiarizados com os termos, hábitos e “segredos” da estrutura do desporto profissional nos EUA.

O Draft Day, processo similar seguido tanto na NFL, como na NBA, NHL ou MLB, tem por objectivo fundamental o equilíbrio entre todas as equipas, garantindo a alternância do sucesso e a atratividade da Liga a médio e longo prazo.

Ivan Reitman, experiente realizador e produtor, constrói uma narrativa apelativa e honesta, tendo por pano de fundo o alvoroço mediático e profundamente humano de mais uma noite de seleção dos novatos da Liga Norte Americana de Futebol Americano. Sente-se em todos os momentos o seu esforço em fugir ao estigma de filme-desporto mas a sua maior força acaba por residir, precisamente, na forma certeira como ficciona os bastidores deste dia eletrizante.

Sonny Weaver Jr. (Kevin Costner), General Manager dos Cleveland Browns, prepara-se meticulosamente para uma noite longa, decisões fundamentais preparam-se para serem tomadas, porém o seu dia não podia ter começada de forma mais extenuante… e será apenas o inicio.
A sua namorada (Jennifer Garner), o treinador na equipa (Denis Leary), o Presidente (Frank Langella), os jogadores e até a sua mãe (Ellen Burstyn) ninguém vai faltar à chamada, naquele que promete vir a ser um dia memorável.

Ainda que longe de ser deslumbrante, Draft Day tem o dom de captar com mestria os bastidores de um dia que ano após ano ocupa o seu espaço na memória dos todos os adeptos do desporto (norte-americano).
Paralelamente a este frenesim, vamos assistindo ao lado mais humano das situações. Relações pessoais e familiares, sonhos e desejos de todos os envolvidos, choque de personalidades e a influência que estes momentos de tensão e antecipação têm em seres humanos, mais ou menos preparados para lidar com toda esta pressão.

Naturalmente que se trata de uma obra de ficção, no entanto, tudo leva a crer que as situações reais não estarão assim tão longe do que é retratado. Equipas, treinadores, jogadores, agentes e o mais comum dos adeptos não podem deixar de se identificar (mais ou menos) com o enredo… pelo menos é essa a minha convicção.

Como adepto apreciei bastante.
Já do ponto de vista cinematográfico fica apenas um filme simpático.

Site Oficial
Trailer

About

Já vão 12 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: