Home » Estreias » “Perseguição Escaldante (Hot Pursuit)” de Anne Fletcher

“Perseguição Escaldante (Hot Pursuit)” de Anne Fletcher


Bem sei que todos temos de pagar as contas no final do mês mas continuo sem compreender muito bem, certas opções desta malta de Hollywood.

Reese Withersponn já ganhou um Oscar® de Melhor Atriz Principal, tem uma carreira recheada de sucessos e ainda o ano passado recebeu nova nomeação com o poderoso Wild – estranhamente ainda inédito entre nós – no entanto, continua a dar-se ao desplante de papéis como o de Rose Cooper.

No papel, a presença de Anne Fletcher e, até certo ponto, de Sofía Vergara poderiam até dar algumas garantias (de sucesso) mas não seria preciso muito para perceber que o argumento estava bem longe do desejável. Em particular o papel de polícia ‘bullyzida‘.

Anne Fletcher até é responsável por obras interessantes (dentro do respetivo género) como The Proposal ou Step Up mas, desta vez, os tiros foram todos de pólvora seca. A ideia de juntar na grande tela duas atrizes como Reese e Sofía tem definitivamente grande potencial mas é preciso dar-lhes o mínimo de conforto e enredo para nos manter “acordados”.

Fruto da sua experiência televisiva, a atriz colombiana demonstra bem mais à vontade do que a sua parceira norte-americana, lidando da melhor forma com as fragilidades do filme e sabendo valorizar o seu desempenho, bem para lá de um argumento fraquinho. Naturalmente bem mais confortável nos momentos de humor, Sofía não deixa de cumprir os “serviços mínimos” quando o filme tenta (desesperadamente) ser algo mais.

Destacada para acompanhar o transporte de uma testemunha primordial e a esposa (Vergara) num importante caso de tráfico de droga, a inexperiente e metódica agente Cooper (Witherspoon) estava tudo menos preparada para o que se iria seguir.
Aquilo que aparentava ser um procedimento banal, rapidamente transforma-se numa caça ao homem – neste caso, à(s) mulher(es) – com um incomensurável disparidade de forças, talento e vontades com apenas um desfecho possível. Ou nem tanto.

O filme tem os seus momentos de humor, especialmente quando as duas atrizes parecem fugir das amarras impostas, mas na maioria parte do tempo é mesmo uma oportunidade desperdiçada, fruto de um argumento paupérrimo e de uma realização fraquinha, fraquinha.
A dada altura já nem é uma questão de target… porque acredito piamente que nem o público feminino mais fiel se identificará com o produto final.

Fiquei, sinceramente, com pena, porque havia aqui talento de sobra para fazer muito melhor.

Site
Trailer

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Comments

  1. Discordo, para mim é uma das melhores comédias do ano passado.
    Deixo aqui um excerto do meu ponto de vista.
    "Perseguição Escaldante": 5*

    Para mim é uma das melhores comédias estreadas no ano passado. Um filme com poucos ou nenhuns clichés e consegue ser também surpreendente.

    Abraços, Frederico Daniel.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: