Home » Estreias » “American Ultra – Agentes Improváveis” de Nima Nourizadeh

“American Ultra – Agentes Improváveis” de Nima Nourizadeh


Não basta ser original… nem ter bons atores… nem um jovem argumentista em alta… nem um realizador modernaço.

Jesse Eisenberg e Kristen Stewart voltam a contracenar juntos, 6 anos depois de Adventureland – o pequeno tesouro que fizeram juntos antes da fama os catapultar para outros voos. Max Landis, fresquinho do sucesso de Chronicle (ainda inédito no Doces ou Salgadas?) e de ver rejeitada a sua abordagem para Fantastic Four, tem carta branca para escrever um argumento à sua medida. Nima Nourizadeh deu nas vistas com Project X e continua com liberdade e inspiração para maluqueiras.

Não há dúvida que os ingredientes estão todos lá. Gente talentosa, disponível para novas abordagens e com imaginação mais do que suficiente mas, por muito que nos custe, o resultado é desinteressante. Louva-se a originalidade, a criatividade, a coragem, mas a dada altura, quando se percebe que o filme não vai sair daquilo, acaba por ser demasiado maçudo e aborrecido.

O filme tem os seus momentos de grande virtuosismo. Algumas cenas de ação que pensadas, um ou outro truque bem engendrado e algumas surpresas bem conseguidas mas na maioria do tempo temos violência gratuita, excesso de sangue e afins e uma atrocidade de lacunas cinematográficas. Bem sei que o filme não é para ser levado a sério – bem pelo contrário! – mas tanta desbunda também não aprecio.

Efetivamente poderá haver uma questão de gostos, aqui. Sim, porque, de facto, há gente para tudo. Há quem aprecie os dotes pouco ortodoxos de Mike Howell (Eisenberg) ou a discutível sinceridade de Phoebe (Stewart). Já relativamente às personagens secundárias, nomeadamente as protagonizadas por Topher Grace e Connie Britton, aí parece-me difícil que alguém simpatize com as suas incongruências.

Sejamos claros, um filme sobre um drogado que afinal é um mortífero agente secreto que se encontra(va) adormecido, não pode resultar em nada muito coerente, certo?

Felizmente para Jesse e Kristen, no próximo Verão, voltarão a aparecer juntos na grande tela mas às ordens de Woody Allen.
Sendo assim, estão perdoados.

Site
Trailer

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Comments

  1. "American Ultra: Agentes Improváveis": 4*

    "American Ultra: Agentes Improváveis" é bastante bom e tem uma história repleta de ação e de diversão, mas falta-lhe algo.
    "American Ultra" entretém e é interessante, contudo não é uma obra-prima.

    Cumprimentos, Frederico Daniel.

    PS, eu por acaso gosto bastante do realizador.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: