Home » Estreias » “Só Podiam Ser Irmãs (Sisters)” de Jason Moore

“Só Podiam Ser Irmãs (Sisters)” de Jason Moore


É por estas e por outras que continuo convencido que a comédia europeia (francesa) está 1, ou 2 passos, à frente da norte-americana!

Meros 5 dias depois de Lolo, a comédia voltou a ser o género cinematográfico escolhido. Em plena época natalícia e de humor reforçado, nada como terminar o ano de sorriso na cara… ou quase.

Tina Fey e Amy Poehlar, figuras máximas da comédia televisiva norte-americana, voltam a partilhar protagonismo na 7ª arte num filme com elevadas expetativas no EUA mas que, para nós, fica pouco aluém do “mais do mesmo”. Humor esforçado, amplamente físico e uma ou outra cena que se aproveita. E ficamos por aqui.

Duas irmãs totalmente diferentes estão de regresso a casa dos pais para uma festa de despedida. A casa está prestes a ser vendida e numa última tentativa de recuperar boas memórias nada como uma festa de arromba. Mas os anos passaram, e apesar de continuaram “prontas para as curvas” Kate e Maura Ellis (Fey e Poehler, respetivamente) já não são, necessariamente, duas jovens malucas… ou pelo menos não era suposto serem!

O filme vive da cumplicidade das duas protagonistas e o estado de espírito dos espetadores. Predispostos, alegres e disponíveis, ninguém darão por mal empregue a 1h30 em frente da tela. Para os demais será um pouco mais difícil de gerir as emoções.

Fica a clara sensação que “já vimos este filme”.
Infelizmente.

Não basta ser. É preciso fazer… mais, melhor, diferente.

Site
Trailer

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: