Home » Estreias » “Masterminds – Golpada de Mestre” de Jared Hess

“Masterminds – Golpada de Mestre” de Jared Hess


Que os norte-americanos são todos malucos já poucos têm dúvidas, agora a este ponto, não daria mesmo para acreditar!

Passaram-se quase de 20 anos mas um dos assaltos (a um banco) mais “lucrativos” de todos os tempos por terras de Tio Sam, é a todos os níveis inimaginável. Sim, meus caros, Masterminds é baseado em factos (ou mesmo lendas) verídicos!

Se o grupo de malucos que engendrou o golpe, e subsequentes ações, é de um nível estratosférico que dizer do elenco deste filme: Zach Galifianakis, Owen Wilson, Kristen Wiig, Jason Sudeikis, Leslie Jones, Kate Mckinnon. Em resumo, não será fácil (talvez mesmo impossível!) encontrar outros 6 comediantes com mais méritos firmados que este grupo… impecável.

Galifianakis é o herói da nossa história. Um peculiar segurança de uma empresa de transporte de dinheiro que aliciado pela sua ex-colega de trabalho (Wiig) roubou nada mais, nada menos, do que 17 milhões de dólares… em notas.
Porém, David Ghantt não era propriamente o homem mais brilhante do mundo. Induzido pelo trapaceiro e aproveitador Steve Chambers (Wilson), David fugiu para o México com uma pequeníssima parte do “bolo” enquanto Steve vivia “à grande e à francesa” nos EUA, com o dinheiro do assalto.

Daqui em diante conjuga-se uma série de improbabilidades inacreditáveis que levaram à apreensão de todos os culpados e da larga maioria do dinheiro roubado. Tudo em grande estilo e peculiaridade.

Entre chorar ou rir, a segunda opção parece sempre a mais favorável. A humildade, inocência e ganância desta malta foi a todos os níveis gigantesca – pelo menos assim rezam as crónicas dos factos – restando-nos pouco mais do que deixar fugir algumas valentes gargalhadas durante o filme.

Desenganem-se, não fosse baseado em factos verídicos e NINGUÉM iria acreditar em 1/10 do que é habilmente retratado por Jared Hess neste Marterminds. Depois do sucesso inesperado de Napoleon Dynamite – com a tenra idade de 25 anos – o argumentista e realizador do Arizona andou longe das luzes da ribalta por demasiado tempo. Regressa agora em grande estilo… e para ficar, assim parece.

De qualquer forma, o principal destaque vai para todo o elenco que com natural à vontade conduz o filme por entre terrenos bem movediços. Não estamos, de forma alguma, perante uma obra-prima mas não deixa de ser uma comédia agradável e espirituosa que não manchará, antes pelo contrário, o currículo da larga maioria.

Site
Trailer

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: