Home » Estreias » “Porquê Ele? (Why Him?)” de John Hamburg

“Porquê Ele? (Why Him?)” de John Hamburg


Cheguei a ler, algures, que este Why Him? era o maior rival de Christmas Office Party no que ao cinema natalício deste ano dizia respeito. Na altura, pensei que a comparação fosse “coisa de americano”. Puro engano.

O filme de John Hamburg (I Love You, Man) pode parecer uma comédia desgarrada em torno de um jovem milionário e do seu futuro sogro – numa inversão dos papéis de Meet the Parents -, mas, lá bem no fundo, acaba por revelar-se bem mais terno e caloroso, do que muito filme para toda a família.

James Franco, Bryan Cranston e Zoey Deutch, forma o trio de protagonistas. Namorado, sogro e filha, respetivamente, são os responsáveis por uma boa 1h30 de diversão, superando as expetativas mais conservadoras que o apontavam, meramente, como (mais) uma comédia brejeira.

Apesar do vocabulário mais inapropriado, no seu computo geral, o filme mantém o nível (e a coerência) num patamar diferente dos que as comédias made in usa nos têm habituado. Não deixa de esticar os limites e perder-se em alguns subplots que pouco ou nada acrescentam (logo à cabeça o “mordomo” interpretado por Keegan-Michael Key) mas contrariando a norma, o último acto acaba por ser o mais bem conseguido.

Quando Stephanie (Deutch) convida os seus pais e irmão para passar uns dias consigo na Califórnia, a ideia não era apenas proporcionar-lhes um Natal diferente. A “menina do papá” já sabia que não seria fácil para o pai (Cranston) entrar em sintonia com o seu novo namorado (Franco), é que Laird não é, propriamente, um rapaz comum. O choque geracional será a menor das suas preocupações, pois sogro e genro rapidamente tornarão este primeiro contacto numa imprevisível disputa territorial.

O imenso contraste de hábitos e preocupações entre as duas gerações em “confronto”, reservam-nos alguns momentos de ávido humor, num retrato bem mais real do que nos pode, à partida, parecer. Há algo de realmente fascinante, do ponto de vista antropológico, neste retrato humorístico que vai muito para lá da linguagem mais grosseira. Mais improvável, ainda, é que este Why Him? é MESMO um dos “filmes de natal” de 2016. Até, arrisco-me a dizer, aquele que melhor se adequa à época do ano que agora culmina. Quem diria!

Franco consegue manter-se “sóbrio”. Cranston confirma a sua rejuvenescida presença na 7ª arte. John Hamburg merece mais oportunidades, a curtíssimo prazo!

Funciona.. e isso é que interessa, mesmo.

 

Site
Trailer

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Comments

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: