Home » Estreias » “The Commuter – O Passageiro” de Jaume Collet-Serra

“The Commuter – O Passageiro” de Jaume Collet-Serra

 

Liam Neeson continua a garantir que se vai “reformar” do cinema de ação mas o catalão Jaume Collet-Serra parece encontrar sempre o argumento certo para o fazer reconsiderar. E já lá vão 4 filmes do género, em conjunto. Unknown. Non-Stop. Run All Night. The Commuter.

Há um elemento em comum aos 4, o grande talento do ator irlandês para encarnar o papel de durão protagonista. Neeson já tinha 55 anos quando Pierre Morel e Luc Besson o convenceram a experimentar um registo diferente. Taken foi um imenso sucesso e os 10 anos seguintes, são o que se sabe!

Desta vez Neeson desempenha o papel de um mero agente de seguros (ou quase isso!) que no pior dia da sua vida se vê envolvido num estranho jogo de sedução, tentação e desinformação, durante a sua habitual viagem de comboio de regresso a casa.
E quando aquilo que parecia uma simples e hipotética pergunta se torna num violento caso de policia, ficamos a conhecer em pormenor quem afinal é Michael MacCauley!

Para além do talentosíssimo, e em grande forma, calmeirão irlandês o elenco conta ainda com Vera Farmiga, num singelo mas determinante papel, com Patrick Wilson no papel de amigo e colega de longa data de MacCauley e com um conjunto de jovens atores que permitem deixar ao acaso o destino de cada uma das personagens a bordo do comboio!

Que Nesson ia distribuir porrada “da velha” já todos estaríamos à espera. Que as carruagens do comboio iriam tornar-se pequenas, dando uma forte noção claustrofóbica, também já todos antecipávamos. E que tudo se resumiria à capacidade do enredo em nos surpreender, disso estávamos todos certos.

A verdade é que com maior ou menor sucesso The Commuter cumpre todas as promessas, revelando-se um agradável filme de ação e um bom entretenimento. Isto é, é quase impossível sair da sala de cinema sem a agradável sensação de dever cumprido.

A idade começa a pesar. A brincar, a brincar, Neeson já vai nos 66 anos mas parece que ainda não é desta que a sua anunciada “reforma” do cinema de ação seja para levar a sério.

Ainda bem! Sinceramente, nos dia que correm, não há muitos atores (Denzel, Statham e Butler, talvez) que possam encarnar o papel de action-hero, à séria!

Da nossa parte é só marcar a data… de estreia do(s) filme(s) em Portugal!

 

Site
Trailer

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: