Home » Antevisões » Antevisão “Jurassic World: Fallen Kingdom” J.A. de Bayona

Antevisão “Jurassic World: Fallen Kingdom” J.A. de Bayona

 

Agora que Infinity War já estreou nos cinemas nacionais, este Jurassic World: Fallen Kingdom é, muito provavelmente, o filme mais aguardado deste “Verão” cinematográfico.

E o que têm em comum os dois filmes para além, naturalmente, do ar jocoso e aventureiro de Chris Pratt?
A garantia de um fantástico entretenimento!!

Star LordOwen Grady continuam umbicalmente interligados. Se em 2014-15 Guardians of the Galaxy e Jurassic World tornaram Pratt numa estrela à escala mundial, as respetivas sequelas (e a participação do ator no terceiro capítulo dos Vingadores), confirmaram e, inclusive ampliaram, esse estatuto.

Quem está, também, de regresso ao Mundo Jurássico é Bryce Dallas Howard. A atriz de Lady in the Water e The Help pode não ter atingido o estatuto do seu parceiro de aventuras mas a sua presença junto dos dinossauros é, igualmente, obrigatória. 

Mas não é só a dupla de protagonistas do capítulo anterior que está de volta para mais aventuras dinossauras. Jeff Goldman e o seu Ian Malcolm – que todos se recordaram a trilogia inicial – está, também, entre o elenco deste novo capítulo da saga (… e tenho para mim, que é desta que o T-Rex o “apanha”!!). 

Sinopse oficial: Quatro anos depois do parque temático e resort de luxo Mundo Jurássico ter sido destruído por dinossauros fora de controlo, a Ilha Nublar é agora um lugar abandonado pelo Homem, enquanto os dinossauros lutam pela sobrevivência na selva. Quando o adormecido vulcão da ilha se torna ativo, Owen e Claire preparam uma missão para salvar os dinossauros da extinção. Owen com objetivo de encontrar Blue, a sua raptor líder que desapareceu sem deixar rasto e Claire que ganhou respeito a estas criaturas, tornando-as na sua missão de vida. Ao chegarem à instável ilha, mesmo quando a lava começa a aparecer, eles descobrem uma conspiração que pode devolver todo o planeta a um estado nunca visto desde os tempos pré-históricos. A VIDA ENCONTRA SEMPRE UM CAMINHO!

Para a minha geração, o Parque Jurássico (e respetivas sequelas) funciona na mesma medida que Jaws (ou O Tubarão) o fez para a geração nascida nos anos 60-70. O suspense e o terror é proporcional à aventura e ao divertimento. É impossível nunca ter visto um filme do franchise e não sentir esse misto de atração e ansiedade que esta transmite. Apesar dos 25 anos volvidos lembro-me como se fosse hoje, de toda a plateia a levantar as pernas quando o raptor quase apanha uma das crianças.
O fascínio e o medo pelos dinossauros continuam tão vivo como naquela altura e a expetativa por novos capítulos não podia ter maior.

De alguma forma a nova trilogia parece seguir o espírito e rumo narrativo imposto por Steven Spielberg nos inicio da saga mas indo mais além, com mais aventura, mais humor, mais suspense e com animais ainda mais aterradores!

Colin Trevorrow, responsável por Jurassic World – e confirmado como realizador do 3º filme desta nova série – fica-se, desta vez, pelo papel de argumentista, entregando as rédeas a J.A. Bayona. O realizador espanhol que conta no currículo com filmes como El Orfanato, Lo Impossible e A Monster Calls, está habituado ao suspense e a monstros de proporções gigantescas mas é, também, capaz de grandes momentos de tensão e emotividade. Em suma, tudo o que esta sequela precisa!

Preparam-se. Os dinossauro estão a chegar. Mais uma vez. Não vale a pena resistir!

Mundo Jurássico: Reino Caído estreia em Portugal e 7 de Junho

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: