Home » Estreias » “Operação Overloard (Overloard)” de Julius Avery

“Operação Overloard (Overloard)” de Julius Avery

É certamente uma mistura explosiva que deixou a sua marca!!

A II Guerra Mundial é o palco para muitas e muitas aventuras cinematográficas. Alguma plenamente reais, outras meramente ilustrativas. E depois, há aquelas que vão além. Cá está um belo exemplo!

Julius Avery teve a “benção” de J.J. Abrams para ir além… e saiu-se com distinção. O dia D, algumas cenas hiper-realistas da missão dos paraquedistas, cientistas loucos e um “castelo”, formaram uma mistura explosiva!

As comparações à mítica saga dos jogos da Arcade, Castle Wolfenstein, são inevitáveis, merecidas e deliciosamente nostálgicas. O filme capta a essência desse universo recheado de figuras assustadoras, soldados corajosos e estreitos corredores. E fá-lo com surpreendente qualidade.

Um grupo de paraquedistas norte-americanos está encarregue de derrubar uma importante torre de comunicações nazi, em pleno dia D. Mas à medida que o plano se vai evaporando, Ford (Wyatt Russell), Boyce (Jovan Adepo), Tibbet (John Magaro), Dawson (Jacob Anderson) e Chase (Iain De Caestecker) terão de confiar na sua boa sorte e na enigmática Chloe (Mathilde Ollivier) para enfrentar um perigo bem superior ao que alguma vez poderiam ter imaginado!

O filme pode ter os seus momentos arrepiantes, bem no limite do que seria considerado cinema de terror, mas, na larga maioria do tempo, é somente um bom filme de ação e suspense, bastante em linha, por exemplo, com o que Matt Reeves fez em Cloverfield. Também este, pela mão de J.J. Abrams.

É, em suma, um filme bastante desconfortável mas em simultâneo amplamente agradável de se ver. Novas ideias remisturadas com História, conceitos previamente explorados e uma pitada irresistível de imprevisibilidade, para a qual muito contribui um elenco recheado de malta nova, com potencial mas sem grande estatuto.

Não chega a ser um guilty pleasure
… mas tão somente porque não há qualquer sentimento de culpa, por apreciar um filme deste calibre.

Muito bom.

E aquela cena de abertura é realmente arrebatadora!!

   

Site
Trailer

About

Já vão 12 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: