Passatempos Online

Home » News » Em fevereiro, nos cinemas…

Em fevereiro, nos cinemas…

Ao antecipar a cerimónia dos Oscars em quase um mês, a Academia criou um vazio nas salas de cinema (nacionais), retirando ao mês de fevereiro as estreias de alguns dos principais nomeados à Temporada de Prémios. O que não quer dizer que não haja muitas e boas estreias à nossa espera.

Com isto, começamos com THE LIGHTHOUSE, um dos filmes desta temporada dos prémios. Peculiar e desconcertante, o filme de Robert Eggers é um dos filmes independentes do ano, vencedor de 2 Spirit Awards (Fotografia e Ator Secundário, para Williem Dafoe) e, sobretudo, um dos mais desafiadores exemplos do cinema como arte contemporânea. Para além de Dafoe, o filme conta com Robert Pattinson no papel de protagonista, dois faroleiros que tentam superar a loucura e a depressão, isolados numa ilha remota, em finais do século XIX. A preto e branco e recheado de efeitos especiais tradicionais, será, por ventura, um dos mais divisivos filmes do ano.

Bem longe de consensos, seguimos para o indigitado francês para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, e um dos nomeados do Ano na categoria. LES MISÉRABLES pouco ou nada tem a ver com a obra de Victor Hugo, mas é, igualmente, um poderoso retrato social e político de uma França em constante ebulição. Neste caso, a obra de Ladj Ly pega no distanciamento (e xenofobismo) latente entre as forças policiais e os habitantes desfavorecidos dos subúrbios parisienses, e transforma-a num filme poderoso e real. O motor da história é uma ação policiar, algo controversa, que é filmada à revelia através de um drone. Imagens cuja divulgação iria incendiar ainda mais uma sociedade revoltada e acossada. Explosivo, não?

Para lá dos filmes potencialmente premiados, BIRDS OF PREY é, de longe, o filme mais mediático que fevereiro tem para nos oferecer. Depois do sucesso de crítica e público de Joker, a expetativa em torno do regresso de Harley Quinn à grande tela, para mais com a omnipresente e multifacetada Margot Robbie como cabeça de cartaz, está nos píncaros, especialmente para os fãs das adaptações dos comics à 7ª arte. Abandonados (ou pelo menos suspensos) os planos do Universo partilhado dos heróis, e vilões, da DC Comics, a aposta passa agora por filmes independentes e com ampla liberdade artística. Cathy Yan teve carta branca para construir um enredo poderoso e vertiginoso, dando asas à loucura de um personagem com potencial para encher a tela do primeiro ao último minuto. E ainda temos Ewan McGregor como vilão!

Matthew McConaughey, Charlie Hunnam, Colin Farrell, Henry Golding, Hugh Grant. THE GENTLEMEN é a próxima aposta de Guy Ritchie, no que ao cinema de ação tipicamente britânico diz respeito. Humor, intriga, suspense e as típicas reviravoltas que Lock, Stock and Two Smoking Barrels, Snatch, o duo Sherlock Holmes, RocknRolla e, até, The Man from U.N.C.L.E. tão bem nos habituou. De regresso aos cavalheiros, um veterano gangster pretende reformar-se e decide vender o seu império de venda de marijuana. Entre pretendentes, chantagistas e esquemas manhosos, TUDO pode acontecer. E consta que é fantástico!

Retomamos ao cinema francês, que continua em grande! E em dose dupla. Primeiro, programa de 2020 para o Dia dos Namorados. Sem a trilogia Grey para apimentar o Dia de São Valentim, este ano temos algo mais meloso e bem humorado. MON INCONNUE é uma comédia romântica com um ponto de partida simples e delicioso. Um casal, namorados desde a adolescência, têm uma discussão mal resolvida que se mantém até ao dia seguinte. Ou quase. Ao acordar, Raphaël está numa realidade paralela, numa em que o amor da sua vida não é a sua esposa, que nem o conhece. Decidido a reconquistar Olivia, o jovem escritor terá de voltar à escala zero, sem olhar a embaraços, percalços e dissabores nesse processo. Temos programa.

Mas o mês não termina sem um terceiro filme francês. Um filme que é quase um documentário – sim, já o vimos – e um ENORME abre olhos. De uma ternura, estoicismo e humanidade incríveis, HORS NORMES é um daqueles filmes preciosos de uma realidade indescritível. Baseado em factos verídicos, o mais recente filme da dupla Olivier Nakache/Éric Toledano – os realizador de Intouchables ou Le Sens de la Fête – conta a incrível história de duas instituições que à margem da lei francesa acolhem doentes com casos profundos de autismo, atribuindo-lhes um acompanhante personalizado – por norma rapazes e raparigas a quem lhes é dada uma última oportunidade de recomporem as suas vidas – que será o seu anjo da guarda. Mais do que um filme, é um retrato tocante e inspirador, de como querer é poder. E eles querem MUITO!

Mantemos a intensidade e a humanidade, mas viajamos para outros registos, Harrison Ford e um cão seria logo à partida motivo mais do que suficiente para chamar a nossa atenção, mas Buck está longe de ser apenas o “melhor amigo do homem”. Baseado no romance THE CALL OF THE WILD de Jack London, o filme conta a história de homem e de um cão que desenvolvem uma sentida amizade, nas terras remotas do Ártico norte-americano. Realizado por Chris SandersHow to Traim Your Dragon, The Croods – é um filme de aventura para toda a família que promete uma montanha russa de emoções. A não perder.

Fechamos a antevisão – mais curta do que o habitual pelos condicionantes mencionados no início – com a nostálgia, a diversão e a incógnita em torno de SONIC THE HEDGEHOG. Ultrapassado o embaraço visual do primeiro trailer, o herói dos videojogos tenta quebrar a eterna sina das adaptações dos jogos para a 7ª arte. Aliada à revigorada imagem do ouriço, estão prometidas muitas, e muitas, piscadelas de olho aos primórdios do herói preferido da SEGA, com aneís dourados, muitas cambalhotas e o eterno vilão, Dr. Robotnik. Jim Carey dá corpo e alma ao maquiavélico cientista, enquando James Marsden é o polícia de serviço e fiel amigo do azulzinho. E já se fala em sequela…

O Farol, Birds of Prey (e a Fantabulástica Emancipação de uma Harley Quinn), Amor à Segunda Vista, Especiais e Sonic: O Filme são distribuídos pela NOS Audiovisuais.
O Apelo Selvagem é distribuído pela Big Pictures Films.
The Gentlemen – Senhores do Crime é distribuído pela Pris Audiovisuais.
Os Miseráveis é distribuído pela Alambique.

Leave a Reply

%d bloggers like this: