Passatempos

Home » Estreias » “Sempre Que Te Vejo (Charlie St. Cloud)” de Burr Steers

“Sempre Que Te Vejo (Charlie St. Cloud)” de Burr Steers


Veículo (da tentativa) de lançamento da carreira cinematográfica de Zac Efron, o filme vive(??) em função do (escasso) talento do jovem actor.

O actor da Disney faz lembrar o Tom Cruise de início de carreira, graças aos longos grandes planos de fazer desesperar a mais incauta das adolescentes. Porém, aquele que já foi o mais amado actor de uma geração, apresentava um garra e uma vontade em nada comparável com a descomplacência do “ícone” de High School Musical.

Ora, retirando os longos suspiros dirigidos ao quebra corações por um ou outro par de adolescentes, o filme pouco mais tem a oferecer. Demasiado concentrado no actor e na exploração da sua imagem de menino bonito, perde-se qualquer hipótese de explorar um argumento com algum potencial…

Perante a trágica morte do seu irmão mais novo (Charlie Tahan), o promissor e responsável Charlie (Efron) enceta um longo período de luto que irá colocar em stand-by o seu futuro. Alguns anos depois encontramo-lo como responsável do cemitério local onde, fruto de um “dom” especial, desempenha as suas funções de forma carinhosa e omnipresente.
A sua pacata (in)existência irá ser abalada com o regresso de Tess (Amanda Crew), uma antiga colega do liceu com quem Charlie partilha idêntica paixão pelo mar e pela vela.
Mas nem tudo será tão linear…

Depois de 17 Again, Burr Steers continua a acompanhar a carreira de Zac Efron – ainda que eu não consiga perceber, exactamente, o que cada um deles lucra com isso!
À segunda tentativa o resultado não é muito diferente, i.e., agrada àquele pequena franja em puro estado de puberdade e … pouco mais!

Como filme de domingo à tarde (Outonal) nem terá sido uma escolha assim tão errada. Todavia, fica fortemente no ar a sensação de que é tudo demasiado previsível, demasiado bonitinho, demasiado (im)perfeito!

Vale pelo romance, pela amizade e pelo espírito (em sentido lato, ok!).

Só ainda não percebi a que propósito é que Kim Basinger e Ray Liotta se deram ao trabalho de por lá aparecer… a crise deve estar mesmo por todo o lado!

Site Oficial
Trailer

About

Já vão 16 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Leave a Reply