Passatempos Online

Home » Estreias » “Velocidade Furiosa 9 (F9)” de Justin Lin

“Velocidade Furiosa 9 (F9)” de Justin Lin

A dada altura já perdoamos TUDO. Os que afinal não morreram, os que passaram de vilões a heróis e vice-versa, e até aventuras para lá do razoável. Em Família, perdoa-se TUDO.

Na prática, (nós e eles) fazemos todos parte da mobília. Passámos por muito, vivemos muitas aventuras e estamos dispostos a tolerar (quase) tudo, em prol de um bom espetáculo e 2h de diversão.

O passado volta a pregar uma partida quando Dom (Vin Diesel) vê o seu irmão obrigá-lo a abandonar o seu retiro familiar. Relutante e até aborrecido com a demanda, o líder da Família pode pensar que está pronto para tudo, mas Jakob (John Cena) será apenas a ponta do iceberg de um sem número de novas emoções. Com muitos regressos e novas (e velhas) histórias por contar.

O franchise precisa inequivocamente de sangue fresco, e mesmo o regresso de Justin Lin à realização não consegue esconder a necessidade de encontrar um novo rumo e concilia-lo com o legado existente. Hobbs & Shaw irão, seguramente, fazer parte dessa nova linhagem. Haja talento para interligar histórias… e egos!

Naturalmente as corridas clandestinas de automóveis são um passatempo de outra geração. Por estes dias a ação tem de extravasar todos os limites… mesmo aqueles que nos levam a pensar que estamos a assistir a um daqueles míticos filmes do 007, dos anos 70.

Auto-flagelação à parte, o filme não é obviamente para ser levado muito a sério. Estamos literalmente lá pela viagem… seja em 2, 4, 8 ou 0 rodas! Há muito que a saga pretende abarcar diferentes géneros cinematográficos, atraindo novos (e menos novos) públicos e redefinindo o cinema de entretenimento. E isso é inquestionavelmente bem feito!

É difícil não vibrar e se deixar deslumbrar pela larga maioria das cenas de ação. Cada vez maiores, mais complexas e extravagantes.

A Família está para ficar, ao bom estilo dos filmes de super-heróis em que nem sempre todos estão presentes, e mesmo quando estão, dividem-se e partilham a trama, a tela e o protagonismo.

Está nitidamente na hora de dar o passo em frente – e não estamos objetivamente a falar em viagens ao espaço (!!) – mas em encontrar novos objetivos e, sobretudo, novas fórmulas de lidar com os problemas.

Para bem da Família. E dos seus fiéis seguidores!!

Leave a Reply

%d bloggers like this: