Home » News » Em Abril, nos cinemas…

Em Abril, nos cinemas…

 

Abril leva-nos, invariavelmente, a AVENGERS: INFINITY WAR. Pode parecer extremamente injusto para as restantes 30 ou 40 estreias do mês mas todos os olhos estão postos no terceiro capítulo e, segundo consta, no mais revelador e decisivo, da saga dos super-heróis da Marvel. Desta vez não é “apenas” o Captain America, o Thor e o Iron Man. São, também, os Guardians of the Galaxy, Dr. Strange, Ant Man, Black Panther e até o Spider-Man! Será sem dúvida o mais populoso (e popular?) filme de super-heróis da história do cinema e a promessa de um grande espetáculo e de um novo rumo para o Marvel Cinematic Universe. Depois do sucesso de Civil WarAnthony e Joe Russo assumiram as rédeas do franchise e se Thanos promete ser o elemento central do enredo, TODO o Universo Marvel está “em jogo”!!

De super-heróis estamos falados mas, este mês promete mais heróis… e de grandes dimensões. Já esta semana chega às nossas salas de cinema PACIFIC RIM: UPRISING, a sequela do filme competentíssimo do agora duplo vencedor de um Oscar® Guillermo del Toro que, em 2013, surpreendeu pela audácia e pela qualidade. Filme pipoca por excelência, daqueles que deve ser visto em IMAX 3D (podemos, desde já, confirmá-lo!) estão prometidas novas batalhas de dimensões gigantescas e catastróficas. Jaeger’s e Kaiju’s estão de volta mais fortes,  mais hábeis e mais inteligentes. Oriundo da TV, Steven S. DeKnight tem aqui a sua grande oportunidade para deixar a sua marca na 7ª arte!

Dwayne Johnson não precisa de apresentações, nem de audições. A antiga estrela do WWF é, agora, um dos mais requisitados action heros de Hollywood e mesmo que os seus filmes e desempenhos nem sempre encantem a crítica, o público está mais que rendido ao estilo do ator norte-americano. Na sua primeira aparição neste Verão cinematográfico, The Rock une esforços com um Gorila para evitar uma catástrofe de dimensões gigantescas. Baseado no videojogo de imenso sucesso, RAMPAGE promete, para além do Gorila, do Crocodilo e do Lobo (com asas), ação em larga escala especialmente feita para ser desfrutada numa sala IMAX! Depois de Journey 2 e San Andreas, Brad Peyton volta a assumir a realização de um filme protagonizado por Johnson. Naomie Harris, Jeffrey Dean MorganMalin Akerman completam o elenco mas os protagonistas são, na verdade, os três animais geneticamente alterados!!

É, sem dúvida, o filme mais aguardado do mês para os críticos ou não fosse realizado por Wes Anderson, um daqueles realizadores inovadores que “caiu no goto” da crítica especializada, qual artista renascentista. Também nós apreciamos profundamente a excentricidade do realizador texano, especialmente fruto de filmes como The Royal TenenbaumsThe Life Aquatic with Steve Zissou ou The Grand Budapest Hotel mas, como todos os artistas, nem sempre a sua obra pode deve ser concesual. ISLE OF DOGS tem certamente o lado pitoresco que agradará aos mais puristas. Através da técnica stop-motion que tão bom uso Anderson deu em Fantastic Mr Fox, o filme conta a história de um rapaz que viagem até uma ilha deserta para resgatar o seu animal de estimação, exilado após uma epidemia canina que assolou o Japão. Para já, o filme valeu ao realizador o Leão de Prata do festival de Berlim.

Com o adiamento de Tully para Junho, alteramos a nossa antevisão, incluindo agora o nosso SOLDADO MILHÕES.

É uma das grandes histórias da História portuguesa (e o que não faltam mesmo são histórias fantásticas a merecer uma versão cinematográfica, de Afonso Henriques, a Ronaldo(?)). Aníbal Augusto Milhais é o maior herói da História recente do nosso país… e o único militar a receber a mais alta honraria nacional. 1914. Flandres, algures na atual fronteira franco-belga. O espisódio mais desvastador da história do exército português – só superado pela batalha de Alcácer-Quivir, mais de 3 séculos(!) antes – ficou marcado para sempre na memória de um “pequeno país, à beira-mar plantado”. Por entre o massacre, um soldado destacou-se pela sua bravura e coragem e ficou imortalizado para a história. Gonçalo Galvão Teles e Jorge Paixão da Costa transpõem para o cinema a incrível história do Soldado Milhões e pela amostra, estamos perante um dos melhores (em termos comerciais e emocionais) filmes portugueses da década.

De comédia-dramatica para comédia negra, GAME NIGHT é o “senhor” que se segue. A premissa fez-me recordar de imediato The Game, o fantástico filme de David Fincher com Michael Douglas no papel de protagonista, mas desta vez num tom bem mais leve e divertido. Jason Bateman e Rachel McAdams assumem os papéis principais num grupo de amigos que se junta regularmente para noites de diversão. Só que, desta vez, os jogos são um bocadinho mais sérios do que o normal! John Francis Daley e Jonathan Goldstein que em 2015 recuperaram para os nossos dias a lendária comédia Vacation – e que são apontados como a dupla responsável por Flashpoint, um dos filmes mais aguardados da DC Comics – são os realizadores de um filme que promete entretenimento e mistério q.b. Pode muito bem vir a ser uma agradável surpresa!

Nomeado para 2 BAFTA (Argumento Adaptado e Filme Britânico), THE DEATH OF STALIN é uma comédia satírica sobre a sucessão do poder na União Soviética em 1953, após a morte de Joseph StalinArmando Iannucci, nomeado ao Oscar de Melhor Argumento por In the Loop é o responsável máximo por uma comédia que, naturalmente, não foi muito bem vista em território russo mas que pela amostra promete ruidosas gargalhadas ao longo de quase 2h de filme. Com um elenco recheado de caras conhecidas, Steve BuscemiJeffrey TamborPaddy ConsidineRupert FriendJason Isaacs e Olga Kurylenko, entre outros, o filme pode não ter grande exatidão histórica mas as caricaturas prometem ser certeiras!

Ainda relativamente à temporada dos prémios, mas com os César em perspetiva, temos AU REVOIR LÀ-HAUT, o filme mais nomeado, 12 indicações, aos prémios cinematográficos franceses (NOTA: Vencedor em 5 categorias) que conta a história trágico-cómica de dois perfeitos desconhecidos cujas vidas se cruzam em vésperas dos Armistício, em 1918. A I Grande Guerra estava prestes a terminar mas a irracionalidade e a benevolência irá alterar vidas para sempre, mesmo que para isso seja necessário um elaborado esquema para “escrever direito, por linhas tortas”. Albert Dupontel realiza, escreve e protagoniza. Estava nomeado nas três categorias, ganhou nas duas primeiras.

Vingadores: Guerra do Infinito, Batalha do Pacífico: A Revolta, Rampage – Fora de Controlo, Noite de Jogo e Até Nos Vermos Lá Em Cima e Soldado Milhões são distribuídos pela NOS Audiovisuais.
Ilha dos Cães é distribuído pela Big Pictures Films.
A Morte de Estaline é distribuído pela Cinemundo.

About

Já vão 10 anos desde que começámos este projeto. Expandimos para o facebook, para o twitter, para o youtube para o instagram e agora temos um site personalizado. Publicamos crítica, oferecemos convites e partilhamos a nossa paixão pelo cinema. Obrigado por fazeres parte dela!

Pub

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: